D'Arthy Gráfica

5 erros que você não pode cometer na hora de produzir uma revista

5 erros que você não pode cometer na hora de produzir uma revista

Você sabia que, de acordo com um estudo da Ball State University, as campanhas que combinam o online e o offline atingem uma taxa de retorno até 25% maior do que aquelas que escolhem apenas um canal? As revistas impressas podem ser materiais editoriais ou promocionais com alto potencial de criar uma campanha de divulgação offline e, ainda, conseguir mais credibilidade para sua marca.

Por isso, a revista deve ser produzida com cuidado e, como todo bom veículo, precisa ser pensada de maneira estratégica para o público que você quer atingir, já que elas ajudam a fomentar seu relacionamento com sua audiência (tanto interno quanto externo).

5 erros que no desenvolvimento da revista que você não pode cometer

1 – Não ter um foco ou nicho bem definido

Como toda peça que seja promocional ou editorial, é essencial definir qual será o tema principal ou qual nicho quer buscar. Principalmente se quer conversar com um público que seja totalmente específico. Exemplo: revista de carros esportivos ou vestidos de noiva.

Por isso, a melhor ideia é preparar alguns questionamentos na hora de iniciar a produção do seu material como:

  • Qual o principal assunto que tratará?
  • Será uma publicação recorrente ou apenas uma série limitada?
  • Qual será o título levando em consideração os assuntos da sua publicação?

2 – Não contar com uma equipe profissional para produzir o conteúdo

Um dos maiores erros é não ter uma equipe – seja ela interna ou terceirizada – para criar o conteúdo. Para fazer os textos é importante ter ao menos um jornalista que entreviste especialistas, faça os textos e revise tudo que vai entrar na revista. Afinal, ter informações incorretas pode ser prejudicial para a credibilidade do seu negócio.

Além de jornalistas, é fundamental pessoas para diagramar e colocar a revista no formato certo, distribuir as informações e imagens de forma que fique um produto final organizado, bonito e de fácil compreensão.

3 – Estética e identidade visual não definida

Escolha uma estética e identidade, esse aspecto definirá o sucesso do material, quase tanto quanto o próprio conteúdo. Considere:

Fonte: as tipografias que você escolheu são fáceis de ler e se encaixam com o seu tema?

Papel: brilhante ou fosco? Em qual tipo de papel você prefere imprimir?

Cores: colorida ou p&b? Algumas revistas podem ser metade coloridas e metade preto e branco para economizar com custos de tinta.

Considere seu orçamento e a tiragem necessária e incorpore isso na aparência do seu projeto.

4 – Projetar uma capa desinteressante

Para captar leitores com muito mais assertividade, é imprescindível projetar uma capa pensando no público-alvo desde o início. Pessoas de negócios são, comumente, atraídas por um design elegante, simples e formal.

Além disso, pense na hierarquia de design. Isso significa que existem alguns elementos que devem receber mais destaque do que outros. Leve esse fator em conta e enfatizar as partes do conteúdo que são relevantes.

5 – Impressão de baixa qualidade

Por último, mas não menos relevante, fazer uma revista com uma gráfica que produza materiais com alta qualidade e tenha expertise é a melhor maneira de garantir que o produto final saia perfeito.

A D’Arthy é uma gráfica especializada em impressão de alta tiragem que conta com uma diversa gama de acabamentos e mais inúmeras vantagens. Peça seu orçamento hoje mesmo: (11) 4446-4600/darthy@darthy.com.br.

Deixe um comentário