D'Arthy Gráfica

As gráficas tradicionais vão acabar?

As_graficas_tradicionais_vao_acabar
As_graficas_tradicionais_vao_acabar

As gráficas tradicionais vão acabar?

Com a ascensão da internet, vamos nos conectando cada vez mais, fator que impacta diretamente em todos os aspectos da nossa vida, principalmente na publicidade e propaganda. E a tendência do público é consumir mais no online do que em mídias físicas, mas isso não quer dizer que a divulgação impressa e as gráficas deixarão de existir.

A importância atual do impresso

A resposta mais rápida para a questão que colocamos acima é NÃO, os impressos não vão deixar de existir. Assim como tudo, estão se adaptando ao momento e ainda têm uma relevância no segmento do marketing. 

Inclusive, de acordo com uma pesquisa realizada pela InfoTrends, a divulgação com panfletos, folders, catálogos entre outros, ainda está em posição de liderança em investimentos de comunicação das empresas. O estudo  mostra que 29% dos gastos totais são direcionados para esse formato de publicidade e também estabelece que permanecerão nessas primeiras posições por muitos anos.

Dito isso, vamos falar um pouco mais sobre o que são as gráficas tradicionais e quais as tendências daqui para frente!

O que é a gráfica tradicional?

As gráficas existem praticamente desde que Gutenberg, em 1450, inventou a prensa. Elas sempre foram prestadoras de serviço que produzem materiais impressos, sejam eles para empresas do varejo, editoras, entre outras instituições que precisam desse tipo de fornecimento.

Antigamente, esse tipo de negócio era amplamente procurado, e não tinha algumas das preocupações que existem nos dias de hoje, como, por exemplo, garantir o descarte dos resíduos químicos e restos de materiais que eram provenientes do processo de impressão. Conforme o mundo se atualiza, o modelo da gráfica tradicional também vai mudando. 

Atualmente, para tornar ainda mais relevante os serviços que prestam, essas empresas precisam fazer mais do que somente produzir materiais impressos e deve levar em conta a necessidade dos clientes, adequando seu parque gráfico e serviços. 

Pensando nisso, a D’Arthy investe em tantos diferenciais, como uma equipe de atendimento que está com você em cada passo de produção, além de estar sempre buscando por inovações. 

E, ainda, procura sempre auxiliar na hora da produção da peça. Criamos conteúdos para ajudar com dicas, instruções e outras informações relevantes. 

Investimento em tecnologia

Além de oferecer serviços diferenciados e auxiliar os clientes durante a confecção do que eles necessitam, as gráficas precisam sempre investir em novas tecnologias. Isso é básico para qualquer prestador de serviços ou indústria, em todos os segmentos, principalmente no caso do setor gráfico. 

A impressão offset tem esse nome justamente porque ela não é feita diretamente no papel. Primeiro a imagem é transferida para uma chapa e depois para o papel. Altamente eficaz, a impressão offset é a melhor escolha para produzir grandes tiragens, já que quanto mais você imprime, mais barato o preço das peças se torna. 

Além disso, ela possibilita a confecção de uma grande variedade de peças com acabamentos customizados. Os detalhes saem com muito mais clareza e fidelidade à arte original. Na D’Arthy, temos uma sofisticada tecnologia offset rotativa e plana, o que permite mais versatilidade na hora de fazer diferentes formatos e volumes. Tudo com uma qualidade impecável, reconhecida pelo segmento há mais de 20 anos.

Contamos com sistemas automatizados para melhor controle do registro de cores, dobra e refile, que propicia agilidade e produtividade muito maior do que de outras gráficas.

Responsabilidade socioambiental

Nunca discutimos tanto a questão da responsabilidade que a gráfica e todos os outros negócios têm sobre o meio ambiente e como se tornar sustentável. Essa é uma tendência que tem surgido e se fortificado cada vez mais dentro do mercado, exigindo que as gráficas se adaptem e pensem em como fazer o descarte de químicos e matéria-prima de maneira adequada, sem agredir o ecossistema. 

Nesse caso, a D’Arthy tem seu diferencial de realizar todos os trabalhos sendo o mais sustentável possível. Fomos uma das primeiras empresas a atingir a neutralização de gases de efeito estufa no mercado. E também, uma das primeiras gráficas brasileiras a ganhar o selo FSC® – Forest Stewardship Council, que atesta que o papel utilizado para a produção dos seus impressos advém de manejo florestal ambientalmente correto, socialmente justo e economicamente viável.

Assim como nós fizemos, várias outras companhias da indústria gráfica estão se esforçando para alcançar essas boas práticas sustentáveis. 

Quer investir em produtos impressos para divulgar o seu negócio? Fale com a D’Arthy para produzir peças com a mais alta qualidade do setor. Entre em contato hoje mesmo e peça um orçamento (11) 4446-4600/ darthy@darthy.com.br.

Deixe um comentário